Duas gerações do pagode baiano se encontram para colocar todo mundo “pra quebrar”, como se diz na Bahia, no “Altas Horas” deste sábado (1°), às 22h56 na Globo. Durante a noite, É o Tchan e Leo Santana cantam sucessos do ritmo, como “Carrinho de Mão” e “Agachadinho”. Convidados de Serginho Groisman, o escritor Walcyr Carrasco e os atores Chay Suede e Leandro Hassum também estão na arena do programa. Ao comentar sobre a novela “Verdades Secretas”, o autor Walcyr Carrasco fala sobre sua vocação: “Eu vim ao mundo pra escrever.

A felicidade que tenho de ver a novela no ar, não tenho nem palavras pra descrever”, declara. Em constante contato com Mauro Mendonça Filho, diretor da trama das onze, o escritor afirma que adora ser surpreendido ao ver na televisão a história que idealizou. Na conversa com Chay Suede, Serginho ainda pergunta como é trabalhar com atrizes como Fernanda Montenegro. “No começo, eu ficava apreensivo. Mas, a Fernanda sempre foi super parceira e me ajudou muito”, conta o ator. Já Leandro Hassum, conhecido pelos papéis bem-humorados, analisa as novas frentes de humor que estão surgindo em diversas plataformas, tanto na televisão quanto na internet, e observa: “Fico muito feliz que cada vez mais estamos sendo desafiados com novos formatos”.

O ritmo da noite segue com Leo Santana, que canta “Abana”, e o com É o Tchan, que traz a canção “Sabe de Nada, Inocente!”. Em outro momento, os convidados conversam sobre preferências musicais, e Leandro conta que, por influência de sua filha adolescente, entrou em contato com o hip hop. Mas também adora samba: para Genésio, seu personagem em “Chapa Quente”, o ator se inspirou na música “Nem Morta”, de Alcione.

Fonte: ‘Altas Horas’ tem música e bate-papo na noite de hoje – notícias de Variedades – Comércio do Jahu