Masterclasses promovem troca de experiências entre estudantes e musicistas brasileiros e internacionais | Prefeitura Municipal de João Pessoa

Victor & Diogo, Ventania e Receita do Samba são atrações até domingo em Maringá
1 de dezembro de 2015
Festas de Réveillon 2016 em São Paulo
1 de dezembro de 2015

Masterclasses promovem troca de experiências entre estudantes e musicistas brasileiros e internacionais | Prefeitura Municipal de João Pessoa

Além da programação musical, a 3ª edição do Festival de Música Clássica de João Pessoa reserva uma agenda de formação estudantil em 12 masterclasses. Os minicursos ministrados por musicistas brasileiros e internacionais são gratuitos e voltados para quem está começando ou buscando aprimorar-se ao instrumento. As inscrições estão sendo feitas na página do festival www.joaopessoa.pb.gov.br/musicaclassica2015/.O festival segue até 5 de dezembro com 23 concertos apresentados em igrejas históricas da Capital, com 15 solistas de seis países diferentes e um catálogo de grupos camerísticos e sinfônicos em diferentes formações.Os masterclasses acontecem até 4 de dezembro, sempre às 10h, no Centro de Estudos Jurídicos Sociais, na Avenida Rio Grande do Sul, 1411, no Bairro dos Estados – por trás do Ministério da Fazenda. Nesta terça-feira (1º), acontecerão duas turmas de masterclasses – violoncelo com Benedict Klöckner (Alemanha) e violino com Joris van Rijn (Holanda). A programação completa está na página do festival.O estudante de música da Universidade Federal de Campina Grande, Rayan Dantas, está em João Pessoa para participar do festival. “Já é o terceiro ano que venho e considero uma oportunidade única de trocarmos experiências. A música erudita surgiu na Europa e poder aprender um pouco com esses artistas é gratificante, pois são musicistas de muita experiência. Estou tentando me matricular no máximo de masterclasses possíveis”, confessou.Já o pernambucano e estudante de violino Diego Swallow está prestigiando o evento pela primeira vez. “Aprender com profissionais de mais experiência é importante para qualquer área, imagina na música. Estou no segundo período do curso de música da Universidade Federal de Pernambuco e conhecer esse festival está sendo muito proveitoso. É a primeira vez que participo, mas pretendo vir no próximo ano”, revelou.Um dos coordenadores do evento, Paulo Gazzaneo, ressaltou que o festival é mais que um intercâmbio cultural. “A música humaniza as pessoas, não em detrimento das artes plásticas ou de qualquer outra manifestação cultural, mas é inegável que a música sensibiliza. Já caiu por terra a história da música erudita, a música clássica ser só de elite. O povo tem direito a cultura, ter acesso ao saber. Um povo culto não só faz sua história, mas também se nutre de algo que o alimento não dá, é o alimento da alma. O festival veio para cumprir seu papel humanizador e uma prova disso é que o público só tem crescido a cada ano”, disse.Programação desta terça – À noite, a grande atração são os musicistas Noa Wildschut, da Holanda, e Yoram Ish-Hurwitz, de Israel, que se apresentarão às 20h na Igreja São Francisco. No entanto, a programação do festival começa ainda no período da tarde, às 14h30, na Igreja São Bento, com a apresentação de Mayu Konoe e Takehiro Konoe, ambos do Japão.Às 16h, na Igreja Baptista, é a vez do Conjunto de Violoncelos e Contrabaixos da Ação Social pela Música do Brasil levar música ao público. Às 18h, na Igreja do Carmo, a russa Masha Iakovleva encanta os ouvintes com o som do seu violino, sendo acompanhada do holandês Frank Brakkee, na viola, e do alemão Michael Muller, no violoncelo.Masterclasses – As aulas serão ministradas em inglês, com tradução simultânea. No ato da inscrição on-line, o candidato deve informar nome e e-mail na tela inicial da página. Em seguida, o usuário será direcionado a uma nova tela, onde preencherá dados como data de nascimento, o instrumento pretendido, a data da masterclass com o seu respectivo professor, há quanto tempo e onde estuda, qual repertório está treinando no momento e que obra pretende apresentar na masterclass.

Fonte: Masterclasses promovem troca de experiências entre estudantes e musicistas brasileiros e internacionais | Prefeitura Municipal de João Pessoa