Apoio e Shows para MARIANA

Aposta para 2016, Marília Mendonça é nova “mina de ouro” do sertanejo 
17 de dezembro de 2015
Shows sertanejos e samba animam a capital de SP.
18 de dezembro de 2015

Apoio e Shows para MARIANA

Mariana – Começou há pouco na Arena Mariana, em Mariana, na Região Central, um show de música sertaneja, em caráter pré-natalino, para levar um pouco de alegrias às vítimas do rompimento da Barragem do Fundão, no subdistrito de Bento Rodrigues, há 41 dias. Numa iniciativa de produtores musicais dessa cidade e de Belo Horizonte, com o apoio da prefeitura local, o evento tem também uma série de atrações para a criançada, como cama elástica e escorrega, além de maquiagem divertida para meninos e meninas.

No palco se apresentaram os artistas Gino e Geno, Don e Juan, João Lucas e Diogo, Léo Nascimento, Marcelo Silva e Ryan, Trio do Brasil, Fred e Liel, Ronaldo e Rafael, Henrique e Léo, João Lucas e Diogo, Tuta Guedes e outros. Na hora do almoço, teve uma confraternização com alimentos doados por instituições e voluntários. Os artistas se apresentam sem cobrar cachê.

Moradores das comunidades de Bento Rodrigues, o subdistrito mais atingidos, de Paracatu e outros passaram pela Arena Mariana. “É um momento de alegria, mas que serve apenas para abafar o sofrimento das famílias. Jamais vamos esquecer tudo o que aconteceu”, disse o estudante Deivid Marcelino, de 16 anos. Ao lado, o primo Leandro Marcelino, mecânico, de 21, concordou, certo de que é uma dor que não passa.

No encerramento do show de cantores sertanejos, na tarde de ontem, na Arena Mariana, em Mariana, na Região Central, os artistas prestaram uma emocionante homenagem às vítimas do rompimento da Barragem do Fundão, em Bento Rodrigues. Eles cantaram uma música composta, ainda no camarim, com com o refrão: “Todos unidos para fazer alegria/Estamos aqui para fazer o que a gente ama/Sertanejos solidários/Todos por Mariana”. No palco estava também o presidente da Associação dos Moradores de Bento Rodrigues, José do Nascimento de Jesus, o Zezinho do Bento, que, ao lado da mulher Maria Irene de Deus, cantou moda de viola no velho estilo recebeu muitos aplausos. “Passamos um dia para esquecer, um pouco, oque passamos. É bola pra frente, minha gente”, bradou Zezinho.

Enquanto isso

Os acessos começam a melhorar entre Mariana e os distrito e subdistritos atingidos pela lama. Segundo o secretário de governo Edvaldo Barbosa, máquinas da prefeitura e da Samarco estão trabalhando para restabelecer os caminhos. Ele explicou que estão sendo construídas oito pontes dentro do município,sendo uma dela para fazer a ligação com o distrito de Gesteira, em Barra Longa, na Zona da Mata. Já está concluída a que liga Paracatu a Águas Claras. Para Bento Rodrigues, o acesso de 35 quilômetros continua pelo distrito de Santa Rita Durão.

Fonte: Estado de Minas